Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educação
Projeto Solidariedade: alunos escrevem cartas aos atingidos pelo tornado

Publicado em 23/07/2020 às 10:19 - Atualizado em 23/07/2020 às 10:46

Todas as famílias do Bairro Antônio Rech receberam a surpresa nessa quarta-feira, 22 de julho Baixar Imagem

Após o município de Descanso ter sido atingido por um tornado o que se viu nos dias posteriores foi uma enorme onda de solidariedade. Centenas de pessoas chegaram de toda a região e também de Descanso para ajudar a reconstruir o município e a dar esperança e apoio para tantas famílias.

Pensando nisso, as professoras Lucélia, Franciele e Aline, e a orientadora pedagógica Andréia da Escola Básica Municipal Cachoeirinha, da Linha Cachoeirinha, criaram o Projeto Solidariedade, onde cada aluno escreveu uma carta aos atingidos. “O objetivo do projeto foi refletir, estimular e promover ações solidárias e fazer com que palavras de apoio e carinho chegassem a um número expressivo de famílias atingidas pelo tornado”, explicam as professoras.

Dessa forma, os alunos do 6º ao 9º ano receberam, junto com as atividades quinzenais, um texto sobre solidariedade e orientações de como escrever uma carta. Após todas as cartas terem sido entregues na escola, as profissionais de educação as colocaram em envelopes para serem entregues. “Como o número de alunos é menor que o número de atingidos, optou-se por fazer a entrega no Bairro Antônio Rech, que foi o mais atingido e algumas cartas foram copiadas e multiplicadas, para chegar a todas as famílias do bairro, pois não seria possível atender todas as famílias atingidas, comentam.

Antes das 6h30 dessa quarta-feira, 22 de junho, as professoras, com ajuda da também docente Odete, percorreram o bairro deixando as cartas nas caixas de correio e portas. “Optou-se em fazer a entrega bem cedo para evitar o contato com as pessoas em função da pandemia e para tornar a carta uma surpresa”, destacam.

Resultado

Muitas pessoas manifestaram, pelas redes sociais, sua emoção e gratidão ao receber sua carta. “Tivemos um retorno muito positivo, o que nos alegra muito. Gostaríamos de levar essas palavras de carinho e solidariedade a todas as famílias atingidas, mas respeitando as orientações de distanciamento social e considerando o número de alunos, não foi possível contemplar todas as famílias atingidas. Permaneceremos esperançosas, de que logo poderemos nos encontrar e trocar abraços afetuosos”, finalizam.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar