---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educação
Programa Protetor Ambiental forma primeira turma em Descanso

Publicado em 22/11/2019 às 10:22 - Atualizado em 22/11/2019 às 10:22

Autoridades ressaltaram que os formandos façam a partir de agora o trabalho de disseminação de informações e conhecimento
Créditos: Deonir Dalpias (Paulo Dim) Baixar Imagem

Deonir Dalpias (Paulo Dim)

Com intuito de promover reflexões, mudanças de atitudes e valorização dos espaços ambientais, a primeira turma do Programa Protetor Ambiental, composta por 25 estudantes, se formou na noite de quinta-feira, 21 de novembro, nas dependências do Centro de Educação Infantil e Ensino Fundamental Getúlio Vargas. Autoridades da Polícia Militar e do município de Descanso participaram da cerimônia, que teve entrega de certificados, honrarias e confraternização.

Ainda segundo o comandante e capitão da Polícia Militar Ambiental na região, Everton Roncaglio, as mais de 180 horas aulas deste ano também reafirmaram a importância de valores como liderança, missão, responsabilidade e disciplina. “Que eles a partir de agora se envolvam em projetos ambientais, sociais ou em algum que tenha relevância para a coletividade”, completou.

A secretária municipal de Educação e Cultura, Marise Prévide Giombelli, destacou a necessidade de os protetores ambientais fazerem a disseminação de informações e conhecimento. “Vocês, protetores ambientais, precisam repassar as boas práticas sobre natureza, meio ambiente e vida. Tudo o que for bom, queremos, em nome do Governo Municipal, ser parceiro sempre”.

Conforme o secretário de Administração, Paulo Lauxen, que representou o prefeito Sadi Bonamigo, o melhor legado que se pode deixar para os filhos e netos é uma água de qualidade, alimentação saudável, ar puro e uma formação cidadã. “Esses são os grandes objetivos do Governo Municipal, encabeçado pelo prefeito Bonamigo”.

Para dar continuidade no programa em Descanso, Roncaglio diz que depende de vários fatores, entre eles a questão estratégica da Polícia Militar Ambiental na região e da parceria com órgãos. O Protetor Ambiental completa 20 anos no Estado e 10 anos na região. No Extremo-oeste são aproximadamente 500 adolescentes formados.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar